segunda-feira, 8 de junho de 2009

com quantos lábios se faz um beijo...
quantas bocas num lampejo de ventura
veludos afagam cantos e faces
ping pong de pura candura
entre curvas e volteios seios faceiros
aquecem a pira de inflamados devaneios
roda gigante do meu peito cambaleia pelo céu
a lua cheia entre nuvens
revela ondas nivela sombras
silhuetas estatuetas idas e vindas ao léu

2 comentários:

Toninho Vaz disse...

super.

toninho vaz

Clauky Saba disse...

tua boca
capaz de proferir
tão belas palavras